Estratégias para a conservação da diversidade biológica em florestas fragmentadas

Strategies for the conservation of biological diversity in fragmented forests

Fábio Souto Almeida, Diego Silva Gomes, Jarbas Marçal de Queiroz

Resumo


Em todo o mundo, a sociedade e o poder público vêm se mobilizando para criar mecanismos que garantam a conservação da diversidade biológica. Em relação aos ecossistemas florestais, o desmatamento e a consequente redução e fragmentação do habitat são apontados como fortes ameaças à biodiversidade. Assim, este trabalho objetivou apresentar e discutir estratégias que podem ser utilizadas para a conservação da diversidade biológica em paisagens florestais fragmentadas. No Brasil, os esforços conservacionistas têm se concentrado na manutenção de grandes extensões de florestas em Unidades de Conservação da Natureza e outras áreas protegidas. A recuperação de áreas degradadas, através de reflorestamentos com espécies nativas e a implantação de corredores ecológicos, também são ações importantes para a melhoria das condições ecológicas e para a conservação da diversidade biológica. Como, na realidade atual, as áreas com florestas estão inseridas em uma matriz de pastagens e áreas agrícolas, diversos autores sugerem ainda que os agricultores devam ser incluídos nos planos de conservação da biodiversidade, principalmente através do estimulo à adoção de meios produtivos diversificados e práticas conservacionistas. Além disso, a educação ambiental deve ser utilizada para que a população adquira consciência ambiental e, assim, valorize e atue na defesa dos fragmentos florestais. Todavia, apesar das estratégias utilizadas para a conservação das espécies terem se mostrado úteis, quando aplicadas isoladamente, elas apresentam falhas. Dessa maneira, é necessário adotar metodologias que envolvam várias dessas estratégias de maneira integrada.

Abstract

All over the world, society and public authorities have been joining efforts to create mechanisms that ensure biodiversity conservation. In forest ecosystems, deforestation and the consequent habitat reduction and fragmentation have been pointed out as strong threats to biodiversity. Therefore, this study aimed at presenting and discussing strategies that can be used for biodiversity conservation in fragmented forest landscapes. Conservation efforts have been focused on the maintenance of large extensions of forests in reserves and other protected areas. The restoration of degraded areas through reforestation with native species and the implementation of ecological corridors are also important actions for the improvement of ecological conditions and for biodiversity conservation. Since currently forest areas are inserted in a matrix of pastures and agricultural areas, several authors suggest that farmers should be included in biodiversity conservation plans, mainly through incentives for diversified production systems and conservation practices. Moreover, environmental education must be used to raise public environmental consciousness and, hence, make people appreciate and help to preserve forest fragments. However, although the strategies used for species conservation have been proved useful, they do not work well when applied separately. Therefore, it is necessary to use approaches that integrate several strategies.


Palavras-chave


desenvolvimento sustentável; biodiversidade; serviços ambientais; gestão ambiental.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License  
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil License.

AMBIÊNCIA

Rua: Simeão Camargo Varela de Sá, 03
Bairro Cascavel – CEDETEG
85040-080  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

Criar site        Logotipo do Crossref    Logo DOAJ        

Qualis B1 - Ciências Ambientais


                        Copyright © 2005-2014 Editora UNICENTRO