Avaliação ecotoxicológica de água e sedimento de um reservatório de água urbano e costeiro do nordeste brasileiro

Ecotoxicological evaluation of water and sediment of an urban and coastal water reservoir in northeastern Brazil.

Thiago Farias Nobrega, Raquel Franco Souza, Guilherme Fulgêncio Medeiros

Resumo


A Lagoa de Extremoz, localizada na zona metropolitana de Natal, Nordeste do Brasil, é um importante reservatório urbano que contribui para abastecimento de aproximadamente 300 mil pessoas. Devido à importância desse corpo hídrico para manutenção e desenvolvimento das atividades humanas, é importante conhecer como a qualidade da água e sedimento deste ambiente varia ao longo do tempo e do espaço. Em 2013 foram realizadas quatro coletas, duas quando o nível de água da lagoa era inferior a 45% de sua capacidade (abril e maio) e, depois, quando o nível de água da lagoa estava no máximo de sua capacidade (julho e agosto), sempre em dois pontos na Lagoa de Extremoz e um no Rio Guajiru. Essas amostragens foram necessárias para avaliar as concentrações de metais (Zn, Cu, Pb, Cd, Cr, Fe, Ni) no sedimento superficial, e sua relação aos resultados de testes ecotoxicológicos realizados em água e sedimentos. A extração dos metais foi realizada por solução mista (HCl 0,5 mol.L-1 + H2 SO4 0,012 mol.L-1) e analisada por Espectrometria de Absorção Atômica (EAA). Os ensaios ecotoxicológicos crônicos usaram Ceriodaphnia dubia e C. silvestrii para análise da toxicidade da água e Hyalella azteca para sedimento. Foram realizadas análises no sedimento para determinar os teores de matéria orgânica - MO (incineração em mufla a 600 ºC), de carbonato (solubilização com ácido acético a 4%) e a granulometria (peneiramento simples). Os resultados sugerem riscos às comunidades de crustáceos bentônicos e, consequentemente, a todo o ecossistema da lagoa, atribuídos principalmente ao aporte antropogênico de Zn, Cu, Pb e Cd, à correlação positiva de MO, CaCO3 e porção siltico-argilosa, bem como à frequência de amostras com efeito tóxico crônica ao Hyalella azteca.

Abstract

The Extremoz Lagoon located in the metropolitan area of Natal, Northeast Brazil, is an important reservoir that helps to supply approximately 300,000 people. Due to the importance of this water body for maintenance and development of human activities, it is important to know how the quality of the water and sediment of this environment varies over time and space. Four samples were taken in 2013, two when the level of the water was less than 45% of capacity (april and may) and then when it reached the full capacity (july and august), always two points in Extremoz Lagoon and one in Guajiru River. These samplings were needed to evaluate the concentrations of metals (Zn, Cu, Pb, Cd, Cr, Fe, Ni) in the surface sediment, and its relationship to the results of ecotoxicological tests on water and sediment. The metals extraction was performed by mixed solution (0.5 mol L-1 HCl + H2 SO4 0.012 mol L-1) and analyzed by Atomic Absorption Spectrometry (AAS). The chronic ecotoxicological tests used Ceriodaphnia dubia and C. silvestrii to analyze the toxicity of the water and Hyalella Azteca for sediment. Analyses were performed in the sediment to determine the levels of organic matter (incineration in mufle furnace at 600 °C), carbonate (solubilization with acetic acid 4%) and particle size (single screening). The results suggest risks to the benthic crustaceans communities and consequently to the entire ecosystem of the lagoon, attributed mainly to anthropogenic contribution of Zn, Cu, Pb and Cd, to the positive correlation of MO, CaCO3 and siltic-clay portion, as well as the frequency of samples with chronic toxic effect to Hyalella azteca.


Palavras-chave


Ceriodaphnia dúbia; Ceriodaphnia silvestrii; Hyalella azteca; metais; geoquímica ambiental.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Rua: Simeão Camargo Varela de Sá, 03
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-080  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2018 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.