Planejamento de uso das terras de unidade rural com uso de informações digitais geográficas disponíveis gratuitamente

Land use planning of a rural unit based on digital geographic information freely available

Tânia Leidy Zanlorensi, Pedro Henrique Weirich Neto, Higor Patta Butzke, Carlos Hugo Rocha

Resumo


A sustentabilidade rural depende do conhecimento das potencialidades e limitações dos recursos naturais. Os avanços nos sistemas de informações geográficas (SIG), incluindo programas de uso livre e a crescente disponibilidade de dados georreferenciados gratuitos, pode incentivar a adoção em larga escala destas tecnologias no planejamento agrícola, ambiental e no manejo de propriedades agrícolas. Os custos e a complexidade dos programas SIG e a demanda de tempo para estruturação de banco de dados foram impeditivos para esta adoção. Com o objetivo de testar a utilização de dados obtidos gratuitamente para fins de planeamento ambiental, foi realizado estudo de caso em unidade rural no município de Riachão das Neves, em região de Cerrado do oeste da Bahia, cultivada sob uso intensivo de insumos e mecanização agrícola. Valendo-se do programa SPRING® versão 5.2.1 (INPE) e informações geográficas do clima, bioma, vegetação, geologia, solo, relevo, hidrografia, uso do solo e legislação ambiental, obteve-se a distribuição espacial da aptidão agrícola, do estado de adequação ambiental e, pela sobreposição destas informações, das áreas com uso em conflito. Considerando a aptidão agrícola e a potencial conectividade entre remanescentes de vegetação de cerrado, recomenda-se a novo desenho de uso das terras como estratégia de adequação ambiental, potencializando áreas mais adequadas para cultivo e formação de corredor ecológico. O Geoprocessamento dos dados espaciais obtidos gratuitamente permitiu a análise da unidade rural e formulação adequada de novo zoneamento agroambiental. A crescente disponibilidade de dados geográficos e programas do tipo SIG gratuitos torna acessível para técnicos e empresas prestadoras de serviços agronômicos o uso em larga escala destas ferramentas para o planejamento ambiental de propriedades rurais.

Abstract

The sustainability of a rural depends on knowledge of the regions’ ecological potential and limitations, and, accordingly, compatible management of natural resources. Advances in geographic information systems (GIS), including free use software and the increasing availability of free georeferenced data, can encourage the widespread adoption of these technologies in environmental planning and management of agricultural properties. The costs and the complexity of GIS programs and the time demand for database structure were impediments to the large adoption. In order to test the use of free data for environmental planning purposes, we performed a case study in a rural unit in the municipality of Riachão, in the Cerrado of western Bahia, cultivated under intensive use of inputs and agricultural mechanization. Drawing on the 5.2.1 version SPRING® program (INPE) and geographical climate information, biome, vegetation, geology, soil, relief, hydrography, land use and environmental legislation, we obtained the spatial distribution of land use capacity, environmental legislation compliance, and, by overlapping of these information, the areas in conflict. Based on land use capacity and the potential connectivity between remnants of cerrado vegetation, we designed a new land use strategy in order to increase suitable areas for intensive cropping and ecological corridor setting. The GIS spatial data, obtained free of charge allowed the analysis of rural unit and adequate formulation of new land use design. The increasing availability of spatial data and free GIS software makes these tools accessible to technicians and agronomic services providers for the necessary environmental planning of rural properties.


Palavras-chave


Sistema de Informações Geográficas (SIG), aptidão do solo, adequação ambiental

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Rua: Simeão Camargo Varela de Sá, 03
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-080  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2017 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.