Variabilidade hidrogeoquímica em águas do Estuário Amazônico

Hydrogeochemistry variability in the Amazon Estuary waters

Yashmin Keiller Lisboa Lopes, Vania Neu, Juliana Feitosa Felizzola, Luiza Carla Girard Mendes Teixeira, Carlos Eduardo Aguiar de Souza Costa

Resumo


Este artigo objetivou avaliar a qualidade das águas do rio Guamá, da baía do Guajará e do canal Furo Grande, mediante métodos estatísticos de análise multivariada, apresentando os resultados de pH, oxigênio dissolvido (OD), condutividade elétrica e concentrações iônicas (Cl- , Na+ , NO3 - e NH4 + ), coletadas durante nove campanhas que ocorreram em 2013 e 2014, nos municípios de Belém e Barcarena, PA. Os dados foram avaliados pela análise de componentes principais (ACP), a fim de investigar a variabilidade espacial e sazonal da área, que evidenciou a carga iônica (explicada por 51,10% da variância total) e o consumo de oxigênio para degradação da matéria orgânica (explicada por 17,9%) como determinantes na qualidade das águas. Porém, as variáveis meteorológicas demonstraram potencial influência nos parâmetros de qualidade das águas, sobretudo com os parâmetros de PC1, bem como a temperatura atmosférica que apresentou forte correlação positiva com condutividade elétrica (0,8), Cl- (0,82) e Na+ (0,81). Outra parte da explicação para a variabilidade dos parâmetros de qualidade da água está relacionada aos fatores de poluição antrópicos.

Abstract

This study aim to evaluate the water quality of the Guamá river, the Guajará bay and Furo Grande river through statistical methods of multivariate analysis, presenting the results of pH, dissolved oxygen, electrical conductivity and ion concentrations (Cl- , Na+ , NO3 - and NH4 + ) collected during nine campaigns that occurred in 2013 and 2014 in the municipalities of Belém and Barcarena, PA. The data were evaluated by principal component analysis (PCA) in order to investigate the spatial and seasonal variability of the area, which showed the ionic charge (explained for 51,10% of the total variance) and the consumption of oxygen for degradation of organic matter (explained for 17,9%) as determinants on water quality. However, the meteorological variables showed potential influence on the water quality parameters, especially with the PC1 parameters, just as well the atmospheric temperature that presented positive correlation strong with electrical conductivity (0,8), Cl- (0,82) and Na+ (0,81), and other part of the explanation for the variability of water quality parameters is related to anthropogenic pollution factors.

 


Palavras-chave


Amazônia; análise multivariada; contaminação dos recursos hídricos.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Rua: Simeão Camargo Varela de Sá, 03
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-080  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2018 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.