Desertificação e seus impactos na região semi-árida do Estado da Paraíba

Desertification and its impacts upon the semi-arid area of the State of Paraíba

Edinete Maria de Oliveira, Maria José dos Santos, Lincoln Eloi de Araújo, Djane Fonseca da Silva

Resumo


No meio ambiente ocorrem mudanças naturais, próprias do processo evolutivo do planeta e as causadas pelo homem, mais severas e degradatórias, que geram grandes prejuízos econômicos, sociais, cultural, político e ambiental. A degradação das terras no Estado da Paraíba ocorre desde o nível baixo até o muito grave ou severo, e indicam os diferentes estágios de desenvolvimento do desastre da desertificação. A Paraíba é o Estado brasileiro que possui maior percentual de áreas com nível de degradação das terras muito grave, afetando o dia-a-dia de uma grande parte da população, onde residem 1,66 milhão de pessoas, correspondendo a 52 % do total da população. Combater a desertificação não é essencialmente combater a erosão, salinização, assoreamento ou tantas outras conseqüências, mas sim eliminar as causas que provocam estas conseqüências. Na realidade para combater a desertificação no semi-árido é necessário que haja uma mudança radical de visão do problema e na estrutura organizacional. Enquanto perdurar o modelo de crescimento econômico e não de desenvolvimento sustentável, os problemas sociais e ambientais continuarão.

Abstract

Changes in the environment happen as a result of the planet’s natural evolutionary process and are also caused by humans. Changes brought about by humankind are more severe and degrading, generating great economic, social, cultural, political and environmental losses. Land degradation in the state of Paraíba ranges from low to very serious or severe levels and indicates different stages of the desertification disaster. Paraíba, with a population of 1.66 million, is the Brazilian state with the highest percentage of areas where the level of degradation is very serious, impacting the daily routine of as much as 52% of the population. Combating desertification isn’t just a matter of fighting erosion, salinity, siltation, and an assortment of other temporary consequences. It is a matter of eliminating the causes of these problems. A radical change must be made regarding point of view and organizational structure in order to combat desertification in a semi-arid environment. As long as the model of economic growth wins over sustainable development, social and environmental problems will continue.


Palavras-chave


desertificação; semi-árido; Paraíba; desenvolvimento sustentável.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License  
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil License.

AMBIÊNCIA

Rua: Simeão Camargo Varela de Sá, 03
Bairro Cascavel – CEDETEG
85040-080  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

Criar site        Logotipo do Crossref    Logo DOAJ        

Qualis B1 - Ciências Ambientais


                        Copyright © 2005-2014 Editora UNICENTRO