A Responsabilidade Social Corporativa no Brasil e na Argentina: um estudo a partir da Teoria das Representações Sociais

Marcos Aguiar Souza, Luiz Alexandre Valadão de Souza

Resumo


A Responsabilidade Social Corporativa (RSC) é atualmente um dos temas mais abordados nas Ciências Administrativas e na mídia mundial. No contexto da América Latina, o movimento de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) vem se intensificando, traduzindo-se numa maior pressão por práticas de gestão socialmente responsáveis. Neste sentido um dos debates principais, é a contextualização de como a RSC é identificada pelas pessoas. O problema central do presente estudo é o levantamento das representações sociais da Responsabilidade Social Corporativa de universitários brasileiros e argentinos, evidenciando se há pleno entendimento do conceito acadêmico. Neste estudo é utilizada a Teoria das Representações Sociais (RS), com o intuito de identificar como os universitários entendem o conceito da RSC, pois este arcabouço teórico possibilita entender como diferentes objetos sociais são representados por indivíduos e grupos, ao mesmo tempo, que indicam a forma com que os mesmos irão agir em relação aos mesmos objetos sociais. E como resultado, são apresentadas as aproximações e distanciamentos, da RS da RSC em ambos os países, de forma a ampliar o conhecimento sobre o tema, e ser útil na elaboração e comunicação de programas de RSC.


Palavras-chave


Responsabilidade Scoial Corporativa

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.