Intencionalidade e evolução do significado no pensamento de Dennett e Floridi

José Claúdio Matos

Resumo


Este estudo procura estabelecer uma aproximação entre o pensamento de Luciano Floridi e Daniel Dennett, acerca do processo evolutivo da cultura e da informação. No pensamento de Dennett a noção de informação é abordada como um elemento importante dos processos de evolução cultural que deram origem ao meio ambiente denominado como infosfera. O que torna interessantes as ideias de Dennett é a relação inextricável que seu argumento estabelece entre evolução e informação. Floridi, com a expressão ‘semantização do Ser’, descreve um processo de mudança cultural, aplicado especialmente ao progresso do conhecimento, mas em linhas gerais a todas as manifestações de atribuição de significado a eventos e objetos, pela mediação de signos. Ele se refere a um processo de atribuição de significado e, portanto, de geração de informação. Este conceito oferece um horizonte a partir do qual se pode levantar questões e desenvolver importantes reflexões sobre a relação entre a informação e os diversos aspectos da vida intelectual e social dos seres humanos.

Palavras-chave


Floridi. Dennett. Semantização. Significado. Informação

Texto completo:

PDF


 

ISSN 2179-9180