Biologia e resistência a herbicidas de espécies do gênero Conyza

Biology and herbicide resistance of Conyza species

Oscar Mitsuo Yamashita, Sebastião Carneiro Guimarães

Resumo


Buva é o nome popular de plantas daninhas do gênero Conyza pertencentes à família Asteraceae e representadas no Brasil particularmente por duas espécies Conyza canadensis e Conyza bonariensis. Ambas infestam áreas de cultivo agrícola, além de campos, áreas de pastagem e áreas não-cultivadas. Suas características biológicas como a produção de grande quantidade de sementes viáveis, capacidade em se desenvolver sob palhada e dispersão a longas distâncias, tornam-se importantes infestantes em áreas de cultivo, especialmente em sistema de semeadura direta (SSD). Com essa prática, visando à manutenção da cobertura vegetal e o não revolvimento do solo, o manejo de plantas daninhas se limitou ao controle químico. Essas duas espécies, adaptadas às características de SSD, sofreram pressão de seleção devido à intensa e repetida utilização dos mesmos herbicidas, surgindo e se multiplicando biótipos resistentes a diversos ingredientes ativos. O conhecimento da ecofisiologia das espécies permite o desenvolvimento e implantação de práticas culturais adequadas para reduzir os efeitos negativos da infestação cada vez maior de Conyza. Dada à importância dessas espécies nos agroecossistemas, e a necessidade de informações sobre a sua biologia germinativa, objetivou-se nesta revisão, descrever as características morfo-fisiológicas dessas espécies, além de relatar o desenvolvimento da resistência a herbicidas.

Abstract

Horseweed is the popular name of weeds belonging to Asteraceae family and represented in Brazil, particularly by two species: Conyza canadensis and Conyza bonariensis. Both species infest areas of agricultural crop, besides fields, pasture and no-cultivated areas. Their biological characteristics as the production of great amount of viable seeds, ability in develop under straw and dispersion over long distances make them important in the no till system. Due to the practice of maintenance of the vegetable covering and the non-revolving of the soil, weed management was limited to the chemical control. Those two species, when adapted to the DSS characteristics, underwent selection pressure due to the intense and repeated use of the same herbicides, which led to the emergence and spread of biotypes resistant to different active principles. The knowledge regarding ecophysiology of such species allows the development and adoption of appropriate cultural practices to reduce the negative effects of the increasing Conyza infestation. Given the importance of these species in agroecosystems, and the need for information on its germination biology, this review aimed at describing the morpho-physiological characteristics of these species, and report the development of resistance to herbicides.


Palavras-chave


buva; voadeira; ecologia; manejo.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.