Exploração e manejo do cipó-titica (Heteropsis spp.)

Exploitation and management of the vine Heteropsis spp.

Marcelo Callegari Scipioni, Cristina Galvão Alves, Carlos César Durigan, Maria de Lourdes da Costa Soares Morais

Resumo


As espécies hemiepífitas do gênero Heteropsis produzem raízes aéreas que são conhecidas na Amazônia brasileira como cipó-titica e titicão ou cipó timbó-açu, sendo fonte produtora de fibra de alto valor comercial, principalmente na fabricação de artesanatos e móveis. Essa matéria-prima é intensamente explorada de forma insustentável, tendo grande redução da disponibilidade desse recurso florestal, devido à diminuição ou extinção regional das plantas de cipó provocadas pelo inadequado manejo exploratório. Assim, alguns governos estaduais regulamentaram a conduta de manejo e exploração de cipós produtores de fibra, visando a sua manutenção e regeneração de suas raízes aéreas. Nesse sentido, o presente trabalho buscou, na literatura geral e científica, as informações sobre o marco legal da exploração e o plano de manejo, a ecologia das espécies, as etapas ligadas ao manejo florestal, inventário, intensidade e ciclo de corte bem como os procedimentos de coleta e beneficiamento dessas plantas, que são conhecimentos atualmente consolidados com normatização em poucos estados da Amazônia. Apesar disso, as áreas que foram intensamente exploradas se fazem necessário o desenvolvimento da produção sustentável com novos estudos, visando recuperação dessas populações por meio de técnicas de multiplicação vegetativa, plantio e nutrição vegetal, agregando-os ao manejo ecológico dos indivíduos remanescentes na floresta.

Abstract

The hemiepiphytes species of the genus Heteropsis produces aerial roots that are known in the Brazilian Amazon as “cipó-titica and titicão or timbó-açu, and are a source of fiber of considerable commercial value used primarily to manufacture handicrafts and furniture. This raw material has been heavily exploited and mismanaged. As the consequent depletion and regional extinction of the plant vines has greatly reduced its availability likely a forest resource. This has led some state governments to regulate the management and exploitation of fiber-producing vines in an effort to maintain and regenerate their aerial roots. With that in mind, this study researched the information on the legal framework of the holding and the management plan, the ecology of the species, the steps related to forest management, inventory, intensity and cutting cycle, and harvesting and processing procedures of these plants in general and scientific literature, which are current knowledge’s consolidated, with specific rules in few States in Amazon. Nevertheless, the areas that were heavily exploited if make need the production sustainable development with new studies in order to recover these populations by means of vegetative propagation techniques, planting and plant nutrition, adding them the ecological management of individuals remaining in the forest.


Palavras-chave


hemiepífita; produto não-madeireiro; política florestal; Amazônia

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.