Ambientalismo: um estudo sobre as identidades das ONGs ambientalistas no Brasil

Environmentalism: a study about the environmentalist NGOs identities in Brazil

Zeide Lúcia Gusmão Cunha Gomes, Ricardo Seixas Brites, Pedro Carneiro Teixeira Cavalcante, Luiz Fernando Macedo Bessa

Resumo


A pesquisa foi realizada com aplicação de pesquisa estruturada enviada às 46 ONGs selecionadas; realização de pesquisas na Internet, com visitas aos sites dessas ONGs e ao banco da Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais (Abong); aplicação estatística sobre os dados levantados; e realização de entrevista semiestruturada com os diversos atores sociais ligados ao tema. Conclusões: a criação das ONGs está relacionada diretamente com o momento político em que elas estão inseridas; há preferência de localização de suas sedes em grandes centros econômicos e políticos do país; apesar de terem suas sedes nesses grandes centros, atuam em diversas outras regiões; o voluntariado é expressivo nos seus afazeres; a participação em conselhos e fóruns é uma estratégia de fortalecimento dessas organizações; a participação em rede adquire importância crescente como estratégia de fortalecimento; a cooperação internacional é a maior fonte de financiamento; os financiamentos oriundos dos governos, federal e estadual também exercem forte influência na composição orçamentária dessas organizações; configura-se estratégica a elaboração de relatórios para a sociedade; faz-se necessária a profissionalização das pessoas que trabalham nas ONGs ambientalistas; e faz-se necessária uma maior e melhor veiculação de informações sobre os trabalhos desenvolvidos com as diversas comunidades.

Abstract

The research was accomplished by means of a structured survey that was sent to the 46 non-governmental organizations selected, as well as of InterNet visits to their sites and to the databank of the Brazilian Association of Non-Governmental Organizations (ABONG). A statistical application on the collected data followed, and also a semi-structured interview with various social actors who are connected with the subject. Conclusions: the creation of NGOs is directly related to the political moment in which they are inserted; their headquarters are preferably located in large economical and political centers, although they work in various regions of the country; NGOs bring together an impressive amount of volunteers; the participation in councils and forums is a strategy to empower these organizations; the network participation also becomes increasingly important as an empowerment strategy; international cooperation is the greatest source of financing; the financial contribution from the federal and state governments also plays a major role in the budget composition of these organizations; the elaboration of reports for the society is strategic, too; people who work in environmentalist NGOs need professional training, and a greater and better dissemination of the information about the works developed with the several communities is needed.


Palavras-chave


organização não-governamental ambientalista; ambientalismo; ONGs.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.