Análise da chuva de sementes de uma área reflorestada do corredor de biodiversidade Santa Maria, Paraná

Seed rain analysis of a reforested area in Santa Maria biodiversity corridor, Paraná

Maria Angélica Gonçalves Toscan, Lívia Godinho Temponi, Roberto de Albuquerque Leimig, Rosimeri de Oliveira Fragoso

Resumo


O corredor de biodiversidade Santa Maria, formado por remanescentes de Floresta Estacional Semidecidual, matas ciliares e uma faixa reflorestada em 2003, visa restaurar a conectividade entre o parque Nacional do Iguaçu e a faixa de proteção do reservatório de Itaipu. Objetivou-se avaliar a dinâmica da chuva de sementes da faixa reflorestada presente no corredor, conhecida como faixa seca, por meio dos parâmetros de diversidade, categoria sucessional, síndrome de dispersão e forma de vida das espécies encontradas. As amostras foram coletadas durante seis meses, ao longo de nove parcelas, utilizando quatro coletores de 0,5 x 0,5 m em cada parcela. Foram registradas 6.423 sementes, distribuídas em 26 morfoespécies, sendo dezenove determinadas ao nível de espécie e três até família. As espécies mais abundantes foram: Cordia trichotoma (Vell.) Arráb. ex Steud., Dalbergia frutescens (Vell.) Britton, Syzygium cumini (L.) Skeels. e Tabernaemontana fuchsiaefolia A. DC. Em relação as mais frequentes, estas foram: sp.1 de Asteraceae, Senegalia polyphylla DC. e Casearia sylvestris Sw. A categoria sucessional pioneira predominou com 59%, seguida de secundárias iniciais com 35% e climácicas com 6%. A forma de vida prevalente foi arbórea e a zoocoria foi à síndrome de dispersão de maior ocorrência. Verificou-se que a chuva de sementes foi composta por espécies de origem autóctones e alóctones, e que os parâmetros avaliados correspondem a fitofisionomia de Floresta Estacional Semidecidual em início de sucessão.

Abstract

The Santa Maria Biodiversity Corridor which is formed by remnants of seasonal semideciduous Forest, riparian forests and also by reforested zone in 2003, aims at restoring connectivity between the Iguaçu National Park and the Protection Strip of the Itaipu Reservoir. This study intends to evaluate the dynamics of seed rain of reforested zone found in the corridor, known as Dry Strip, through the parameters of diversity, successional category, dispersal syndrome and life form of the species found. The samples were collected during six months, over nine plots, using four collectors of 0,5 x 0,5 min in each plot. We recorded 6423 seeds, distributed in 26 morphospecies, which 19 were identified as the species level and three to the family level. The most abundant species were: Cordiatrichotoma (Vell.) Arráb. exSteud., Dalbergia frutescens (Vell.) Britton, Syzygiumcumini (L.) Skeels and Tabernae Montana fuchsia e foliaA. DC. Regarding the most frequent species, these were: sp1 of Asteraceae, Senegalia polyphylla DC. and Casearia sylvestrisSw. The successional category was predominant with 59%, followed by early secondary with 35% and climax with 6%. The life form predominant was arboreous and the zoochory was the most frequent dispersal syndrome. It was found that the seed rain was composed by autochthonous and allochthonous species, and the evaluated parameters correspond to a semideciduous forest in early succession.


Palavras-chave


Corredores Ecológicos; Dispersão de Sementes; Sucessão Ecológica

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.