Análise dos padrões espaciais de Ocotea odorifera (vell.) rohwer na floresta nacional de Irati (PR)

Spatial patterns analysis of Ocotea odorifera (vell.) rohwer in araucarian forest of Paraná state

Cilmar Antônio Dalmaso, Mario Takao Inoue, Paulo Costa de Oliveira Filho, Vânia Rossetto Marcelino, Gustavo Sartori Pottker

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar algumas ferramentas de Sistema de Informação Geográfica (SIG) utilizadas para analisar os padrões espaciais da espécie Ocotea odorifera (Vell.) Rohwer na Floresta Nacional de Irati (PR). Foram utilizados três conjuntos de dados com um total de 5549 pares de coordenadas (indivíduos de canela-sassafrás com altura maior que 30 cm), provenientes de três hectares amostrais. O SIG implementado com a integração dos softwares TerraView e SPRING mostrou-se eficaz para análises da distribuição espacial, conversão de dados e na representação cartográfica dos indivíduos da espécie. Os resultados obtidos para as categorias regeneração e árvores adultas de O. odorifera são apresentados. Sentiu-se necessidade de métodos e ferramentas que permitam análises bivariadas dos padrões espaciais e opções de correção de borda na análise espacial com a função L. A espécie apresentou padrão espacial agregado para a regeneração natural em todas as escalas analisadas, indicando um padrão característico da espécie nas fases iniciais. Os indivíduos adultos de canela-sassafrás apresentaram em geral um padrão espacial aleatório.

Abstract

The objective of this paper is to present some of the Geographic Information System (GIS) tools used to analyse spatial patterns of Ocotea odorifera (Vell.) Rohwer in the National Forest of Irati (PR). It was used three data sets with a total of 5549 pairs of coordinates (canela-sassafrás trees with height above than 30 cm), from three sampled hectares. The implemented GIS with integration of TerraView and SPRING softwares showed to be effective for analysis of spatial distribution, data conversion and cartographic representation of each tree of studied species. The results for the categories regeneration and adult trees of O. odorifera are shown. The need of methods and tools that allow bivariate analysis of spatial patters were detected as also options of edge correction in spatial analysis with the L function. An aggregated spacial pattern of regeneration was found at all scales until 25 m, probably related to favorable habitat spots of site. Generally, adult plants showed a random spacial pattern.


Palavras-chave


Floresta Ombrófila Mista; estatística espacial; integração de softwares; canela-sassafrás.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.