Alterações na morfologia de canais fluviais na área urbana de Guarapuava (PR)

Morphological changes of river channels in the urban area of Guarapuava (PR), Brazil

Éderson Dias de Oliveira, Leandro Redin Vestena

Resumo


As pesquisas que envolvem os efeitos urbanos em canais fluviais no Brasil são ainda incipientes. O aumento expressivo da população nas cidades e a expansão da área urbana nessas regiões têm potencializado a alteração na morfologia dos canais fluviais. Nessa temática, a presente pesquisa adotou como objeto de estudo os canais fluviais inseridos no perímetro urbano do município de Guarapuava (PR), localizado na região Centro-Sul do estado do Paraná. Os procedimentos metodológicos e operacionais básicos utilizados se basearam em estudos integrados do ambiente fluvial, a fim de identificar e avaliar as modificações na morfologia dos rios urbanos decorrentes de ações antrópicas. De maneira geral, a pesquisa se desenvolveu mediante estudo empírico com trabalhos de campo, por meio de observação das alterações na morfologia fluvial e áreas adjacentes. Os canais fluviais de três bacias urbanas (arroios Carro Quebrado, do Engenho e Barro Preto) foram percorridos e mapeados de acordo com o grau de intervenção antrópica na morfologia fluvial. Os resultados evidenciaram que a canalização está intimamente relacionada com a expansão urbana, sendo que aproximadamente 30% dos trechos fluviais encontram-se canalizados, com alterações morfológicas que refletem na dinâmica dos fluxos. Os cursos fluviais na área urbana de Guarapuava apresentam mudanças na sua morfologia, decorrente principalmente da instalação de infraestrutura urbana e da construção de residências em áreas ribeirinhas e muitas vezes sobre o próprio curso fluvial. As alterações demostram insuficiente planejamento urbano e desconhecimentos da população dos riscos ambientais que essas alterações podem ocasionar, como aumento do número de incidência e abrangência das inundações.

Abstract

Research on the urban effects on river channels in Brazil is still in its fledging stage. The great populational increase of cities and urban areas has altered the morphology of river channels. Current research focuses on river channels in the urban perimeter of the municipality of Guarapuava (PR) Brazil in the midsouthern region of the state of Paraná, Brazil. The basic methodological and operational procedures are based on integrated studies of river environment to identify and evaluate modifications in the morphology of rivers within cities provided by human activities. Research comprises empirical field studies by observations of changes in the river morphology and adjacent areas. The river channels of the three urban basins (arroios Carro Quebrado, do Engenho and Barro Preto) were analyzed and mapped according to the human intervention degree in the river morphology. Results show that canalization is closely linked with urban expansion. Since approximately 30% of river stretches are canalized, they demonstrate morphological changes that are symptomatic to flux dynamism. Rivers in the Guarapuava urban area demonstrate changes in morphology especially due to urban infrastructure and house constructions in areas close to rivers and frequently on river courses. Changes show insufficient urban planning and lack of knowledge on environmental risks that such changes may cause, such as an increase in the number and extension of floodings.


Palavras-chave


urbanização; canalização; bacia hidrográfica; Guarapuava.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.