Distribuição espacial e estrutura populacional de Dicksonia sellowiana Hook. em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista em União da Vitória, Paraná

Spatial distribution pattern and population structure of Dicksonia sellowiana Hook. in

Marcos Mendes Marques, Rogério Antonio Krupek

Resumo


Foram avaliados o padrão de distribuição espacial e estrutura populacional de Dicksonia sellowiana (xaxim) em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista (26°05’73” S e 51°09’35” W; 986 m de altitude média), localizado no município de União da Vitória, estado do Paraná. As coletas foram realizadas durante o mês de maio de 2012. Na avaliação da distribuição espacial, foi amostrado um total de 138 indivíduos (10 parcelas de 100 m2) em uma área total de 1.000 m2. A densidade variou de 05 a 25 (x=13,8±7,99) indivíduos por parcela, já o tamanho (DAP) variou de 26 cm a 158,2 cm (x=62,4 ± 25,2 cm). Os valores encontrados foram considerados altos comparados com estudos similares, resposta provavelmente às características regionais (p.ex. precipitação pluviométrica abundante e sazonalmente homogênea) e ao bom estado de conservação da área avaliada. A população apresentou uma distribuição do tipo agregada conforme a relação variância/média obtida (4,17) e o índice de Morisita (1,24). Este tipo de padrão é tipicamente descrito para esta espécie e para outras espécies de pteridófitas, e pode ser devida a características da planta (p.ex. dispersão de esporos) ou ambientais (p.ex. disponibilidade hídrica). A estrutura populacional foi avaliada em 43 indivíduos numa área total de 200 m2. O tamanho do cáudice apresentou-se bastante variável (DAP=54,4±14,1cm; DA=58,3±16,9 cm; DB=91,3±47,1 cm), entretanto com a maioria dos indivíduos com tamanho elevado, o que indica uma população já formada, com baixo número de indivíduos jovens. Foi verificado um maior número de frondes senescentes que maduras e ainda um baixo número de frondes férteis, provavelmente devido ao período do ano menos propício ao desenvolvimento foliar da espécie. Por fim, a relação positiva entre o tamanho do cáudice (DAP) e o número de frondes produzidas deve estar relacionada com o melhor aproveitamento da energia luminosa por parte dos maiores indivíduos no interior da floresta.

Abstract

We evaluated the spatial distribution pattern and population structure of Dicksonia sellowiana (tree fern specie) in a mixed Ombrophilous Forest fragment (26°05’73”S 51°09’35” W; elevation 986m average), located in União da Vitória country, Paraná State. The samples were carried out during the month of May 2012. In the evaluation of spatial distribution, it was sampled a total of 138 individuals (10 plots of 100 m2) in a total area of 1,000 m². The density varied from 5- 25 (x = 13.8 ± 7.99) individuals per parcel, the size (DAP) from 26 cm to 158.2 ‘’ (x = 62.4 ± 25 cm). The values found were considered high compared to similar studies, due to regional characteristics (e.g. abundant rainfalls and seasonally homogeneous) and the good condition of the area evaluated. The population showed a distribution of aggregate type in conformity to the variance/mean ratio (4.17) and the Morisita index (1,24). This type of pattern is typically described for this specie and for other species of ferns, and may be due to plant characteristics (e.g. spore dispersal) or environmental (e.g. water availability). The population structure was evaluated in 43 individuals in a total area of 200 m2. The size of the caudex is quite variable (DAP = 54.4 ± 14 cm; DA = 58.3 ± 16.9 cm; DB = 91.3 ± 47 cm), however with most individuals with high size, which indicates a population already formed, with low number of young individuals. It was verified a greater number of mature senescent fronds and a low number of fertile fronds, probably due to the period of the year less conducive to leaf development of species. Finally, the positive relationship between the size of the caudex (DAP) and the number of fronds produced must be related to the better utilization of light energy by the largest individuals within the forest.


Palavras-chave


xaxim, estrutura populacional, padrão espacial, estado do Paraná

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.