Confecção de blocos cerâmicos com incorporação de biomassa contaminada por cobre

Confection of ceramic bricks with biomass contaminated by cupper incorporation

Sonia Barbosa de Lima, Débora Cristina de Souza, Felipe Pereira de Albuquerque

Resumo


A fitorremediação por macrófitas aquáticas é uma técnica que vem sendo largamente estudada e tem mostrado resultados bastante satisfatórios. Esse processo gera, entretanto, grande quantidade de biomassa. Essa biomassa, quando contaminada por metais pesados, não pode ser descartada no meio ambiente. Assim, este trabalho analisou a viabilidade de reaproveitamento de biomassa de Pontederia parviflora na confecção de blocos cerâmicos. Para tanto, uma solução com concentração de 1.000 mg/L de cobre foi tratada por P. parviflora, por um período de 5 dias. As concentrações de cobre foram determinadas antes e após o período de tratamento. Corpos de prova de massa argilosa foram confeccionados com 5% e 10% de biomassa vegetal contaminada. A qualidade dos blocos foram analisadas conforme os principais testes descritos na literatura. O índice de remoção de cobre da solução, ao final do experimento, foi superior a 96% e o aumento da concentração desse metal na biomassa vegetal superou os 1.200%. Os resultados experimentais dos parâmetros analisados foram totalmente satisfeitos para todos os corpos de prova (CP) confeccionados com adição de 5% e, para a maioria dos CP que continham 10% foram satisfatórios, conforme determinações do IPT (1985), NBR 7170 (ABNT, 1983) e NBR 7171 (ABNT, 1992). Assim, afirma-se que o fitotratamento de efluentes contaminados com cobre por P. parviflora e o reaproveitamento de sua biomassa na confecção de blocos cerâmicos são viáveis.

Abstract

Phytoremediation by aquatic macrophytes is a technique that has been widely studied and has shown satisfactory results. This process generates, however, a large amount of biomass. This biomass when contaminated by heavy metals cannot be disposed in the environment. Therefore, this study examined the feasibility of reuse of the biomass Pontederia parviflora in the production of ceramic blocks. To this end, a solution with a concentration of 1,000 mg/L of copper was treated with P. parviflora for a period of 5 days. Copper concentrations were determined before and after the treatment period. Specimens of clayey masses were produced with 5% and 10% of contaminated biomass. The quality of the blocks was analyzed according to the main tests described in the literature. The copper removal rate of the solution at the end of the experiment was over 96% and the concentration of this metal in the biomass exceeded 1,200%. The experimental results of the parameters analyzed were fully satisfied for all specimens (CP) prepared with addition of 5% and for most CP containing 10% were satisfactory, according to IPT determinations (1985), NBR 7170 (ABNT, 1983) and NBR 7171 (ABNT, 1992). Thus, it is concluded that the fitotreatment of effluents contaminated with copper by P. parviflora and the reuse of their biomass in the production of ceramic blocks are viable.


Palavras-chave


fitotratamento; pontederia parviflora; bioacumulação; reaproveitamento

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.