Avaliação espaço-temporal dos incêndios florestais no Parque Nacional Serra da Canastra no período de 1991 a 2011

Spatiotemporal assessment of forest fires occurred in the Serra da Canastra National Park between 1991 and 2011

Gustavo Puga Lemes, Eraldo Aparecido Trondoli Matricardi, Olívia Bueno Costa, Fabrício Assis Leal

Resumo


Este trabalho envolveu uma análise espaço-temporal dos incêndios florestais ocorridos no Parque Nacional Serra da Canastra (PNSC) no estado de Minas Gerais. Imagens do satélite Landsat-5, sensor TM adquiridas entre 1991 a 2011 foram utilizadas para o estudo. As imagens foram corrigidas geométrica e radiometricamente, e em seguida foram transformadas em imagens frações da Análise de Componentes Principais (ACP), o que removeu a correlação entre as bandas e aumentou a discriminação das áreas queimadas. As novas imagens frações da ACP foram analisadas espectralmente e em seguida utilizadas como dados de entrada numa classificação por árvore de decisão, utilizando as frações ACP3, ACP4 e ACP5, que apresentaram as melhores respostas para a discriminação das cicatrizes dos incêndios florestais na vegetação do Cerrado. A classificação desenvolvida mostrou excelente acurácia global, aproximadamente 93%, coeficiente Kappa de 92% e ainda 0% e 18% para erros de omissão e comissão, respectivamente. Os anos mais afetados pelos incêndios florestais foram 1991, 1997, 2001, 2007 e 2010, com cerca de 80% da área total do parque atingido pelo fogo. Em 2010, um total de 157 mil hectares foram queimados e em 2000 uma área de 140 mil hectares foi queimada em um único incêndio. Houve um aumento das áreas atingidas pelo fogo em todo o parque no período de estudo, bem como um aumento da recorrência dos incêndios. Estes são os principais indicadores de que várias medidas políticas einstitucionais devem ser tomadas nos próximos anos para evitar maiores prejuízos ambientais no Parque Nacional Serra da Canastra.

Abstract

This study involved a spatiotemporal analysis of forest fires in the Serra da Canastra National Park (SCNP) located in the State of Minas Gerais, Brazil. The analysis was based on remotely sensed data acquired between 1991 and 2011. Landsat5 TM imagery was geometric and radiometric corrected and them transformed by applying Principal Component Analysis (PCA), which removed correlation between bands, increasing the discrimination of burned areas. The derived PC3, PC4, and PC5 were used as input for a decision tree classification technique, which showed better performance to detect forest fire scares. This classification technique showed overall accuracy of approximately 93%, Kappa’s index of 92% and yet 0% and 18% of omission and commission accuracies, respectively. The results show that forest fires mostly occurred in 1991, 1997, 2001, 2007, and 2010 within the Serra da Canastra National Park, which burned approximately 80% of it. A totalof 157000 and 140000 hectares were burned in 2010 and 2000, respectively. Forest fires events and recurrent fires increased during the period of analysis. This is a crucial indicator that institutional and political measures must be enforced in the coming years to avoid further environmental issues in this protected area.


Palavras-chave


Sensoriamento Remoto; cicatrizes de incêndios; Cerrado; Unidades de Conservação.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.