Análise técnica para o reaproveitamento da fibra de coco na construção civil

Technical analysis for the reuse of coconut fiber in construction industry

Everton Silva, Maria Lidiane Marques, Celso Fornari Junior, Fermin Velasco

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo analisar a viabilidade técnica do uso de resíduos de fibra de coco na produção de argamassa e concreto. Esta alternativa apresenta como vantagem o fato de ser um material renovável e de alta disponibilidade, tendo, assim, uma produção de baixo custo. Foram estudadas as propriedades mecânicas de quatro tipos de misturas de argamassa e de dois tipos de concreto. Para avaliação do comportamento da argamassa, foram efetuados ensaios de consistência no estado fresco e compressão axial no estado endurecido. Para o concreto, realizaram-se os ensaios de abatimento do tronco de cone no estado fresco, e no estado endurecido, resistência à compressão axial e absorção de água por imersão. Foi observado que, para o teor de adição estudado, a variação do comprimento da fibra de coco provocou pequenas variações na consistência e resistência à compressão de argamassas. Já em relação aos concretos, considerando o mesmo comprimento da fibra, porém em idades diferentes, verificou-se um acréscimo na resistência à compressão do concreto com a presença da fibra de coco em relação ao concreto de referência. Esse aumento de resistência se mostrou associado à diminuição da absorção de água por imersão do concreto com a adição de fibra de coco. Os resultados obtidos apontam para a viabilidade técnica na utilização da fibra de coco em argamassas e concretos nas condições avaliadas. Além disso, a sua utilização em compósitos cimentícios diminui a extração de recursos naturais, destina adequadamente o resíduo agroindustrial produzido e diminui a emissão de CO2 para a atmosfera causada pela produção do concreto.

Abstract

This paper aims to examine the technical feasibility of using coconut fiber waste in the production of mortar and concrete. This alternative has as advantage the fact that it is a renewable material and its high availability, thus having a low-cost production. The mechanical properties of four types of mortar mixtures and two types of concrete were studied. For the performance evaluation of mortar, consistency tests were carried out in the fresh state and axial compressive strength in the hardened state. For concrete, slump tests were conducted in fresh state, and in the hardened state, axial compressive strength and water absorption by immersion. It was observed that, for the addition content studied, the variation of the length of coconut fiber caused slight variants in the consistency and resistance to the compression strength of mortars. Regarding the concrete, considering the same fiber length, but at different ages, there was an increase in the resistance to the compression of concrete in the presence of coconut fiber in relation to the reference concrete. The resistance in increase was associated to the decrease of the water absorption by immersing the concrete with the addition of coconut fiber. The results pointed to the technical feasibility in the use of coconut fiber in mortar and concrete in the evaluated conditions. Moreover, the use of coconut fiber in cementitious composites decreases the extraction of natural resources, allocates the produced agroindustrial waste properly and decreases the CO2 emissions to the atmosphere caused by the production of concrete.


Palavras-chave


fibra vegetal; resistência à compressão; absorção.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.