Utilização do SHALSTAB como ferramenta para o diagnóstico preliminar da suscetibilidade a deslizamentos rasos no baixo vale do rio Luís Alves - SC

Use the SHALSTAB as a tool for preliminary diagnosis of susceptibility to shallow landslides

Jéssica Gerente, Edna Lindaura Luiz, Mariane Alves Dal Santo

Resumo


Movimentos de massa são processos do meio físico muito perigosos e relativamente comuns no vale do rio Itajaí em Santa Catarina. Apesar da frequência e magnitude destes fenômenos na região, mapeamentos para identificação das áreas de maior suscetibilidade a estas ocorrências são escassos, e para algumas regiões, inexistentes. Aplicou-se em uma porção de 10 km² do baixo vale do rio Luís Alves-SC, uma área muito atingida no desastre de 2008, o Shallow Slope Stability Model (SHALSTAB) para identificação preliminar dos locais com maiores potencialidades à deflagração de deslizamentos rasos. Como parâmetro topográfico utilizou-se o modelo digital de elevação da NASA, o Shuttle Radar Topography Mission (SRTM), reamostrado para uma resolução espacial de 30 metros. Para os demais parâmetros de input no SHALSTAB, utilizou-se do conhecimento acerca das características dos mantos de alteração do local, assim como de dados de trabalhos realizados na região. O raster gerado como produto da simulação do SHALSTAB foi validado a partir do seu cruzamento com um inventário de cicatrizes de deslizamentos deflagrados em novembro de 2008. Observou-se que 83,33% das cicatrizes mapeadas no inventário localizam-se em áreas que o modelo mostrou ter diferentes graus de instabilidade, o que é um resultado significativo e valida a simulação gerada pelo SHALSTAB. Devido à baixa resolução espacial do MDE utilizado, assim como insuficiente precisão em relação aos valores reais de altimetria, considerou-se a simulação realizada como satisfatória para fins de delimitação remota e preliminar das porções do relevo mais perigosas ao uso e ocupação humana. A partir destes resultados, é possível realizar estudos mais detalhados nas porções do relevo indicadas como suscetíveis pelo modelo.

Abstract

Mass movements are the most dangerous physical environment processes and relatively common in the Itajaí Valley, Santa Catarina, Brazil. Despite the frequency and magnitude of these phenomena in the region, mapping to identify the most susceptible areas to these occurrences are rare and to some counties, nonexistent. It was used the Shallow Stability Model (SHALSTAB), in a ten squared kilometers portion of the low valley of Luís Alves river, the most affected area by the disasters of 2008, for a preliminary identification of areas with the greatest tendency to the deflagration of shallow landslides. As parameter topographic, it was used the Digital Elevation Model (DEM) of NASA, the Shuttle Radar Topography Mission (SRTM) corrected for spatial resolution of 30 meters. For other input parameters in SHALSTAB, it was applied the knowledge about the local soils characteristics as well as data from studies conducted in the region. The raster generated as the product of the SHALSTAB simulation was validated by an inventory of landslides scars initiated in November 2008. It was observed that 83.33% of the scars mapped in inventory are located in areas where the model showed to have varying degrees of instability, which is a significant result and validates simulation generation by SHALSTAB. Due to the low spatial resolution of the DEM used as well as its poor accuracy compared to real values of altimetry, we considered the simulation performed as satisfactory for the purposes of remote and preliminary delimitation of the most dangerous portions of the relief to human use and occupation. Based
on the results, it is possible to carry out more detailed studies on the portions of the relief susceptible indicated as susceptible by the model.


Palavras-chave


Modelagem; Movimentos de Massa; Previsão.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.