Fiscalização ambiental no Parque Estadual Delta do Jacuí – RS

Environmental Control at the Delta do Jacuí State Park - RS

Frederico S. Salamoni Seganfredo, Guilherme Paniz, José Augusto N. Hirt, Luis A. Carvalho Jr., Pablo do Couto Corroche

Resumo


O presente estudo tem como objetivo elucidar o trabalho de fiscalização ambiental do Departamento de Florestas e Áreas Protegidas (DEFAP), no Parque Estadual Delta do Jacuí, que engloba vários municípios da região metropolitana de Porto Alegre, formado pelos rios Sino, Caí e Gravataí (somente a foz), que por sua vez juntar-se-ão ao rio Jacuí, desaguando no Lago Guaíba, formando o Delta e perfazendo um total de 17.245 ha. Neste levantamento priorizou-se as áreas com maiores problemas, como a Ilha do Pavão, Ilha Grande dos Marinheiros, Ilha das Flores e Ilha da Pintada/Eldorado do Sul. Estas ilhas foram tomadas como principal foco da fiscalização por serem as mais povoadas e terem acesso rodoviário, tornando-se as áreas com maior registro de ocorrências, como criação de suínos, aterros e construções irregulares. Todos estes problemas decorrem da antropização ao longo das margens fluviais, bem como do caráter atrativo das mesmas e de um plano de manejo incompatível com a realidade local. É neste intuito de preservar os banhados que o Parque desenvolve o trabalho de fiscalização, tentando manter o menos alterado possível, um ecossistema que serve de refúgio para tantas formas de vida na sua fauna e flora formadora.

Abstract

This report appraises the work of environmental control of the Department of Forests and Protected Areas (DEFAP), in the “Delta do Jacuí” State Park, that includes several townships of the Porto Alegre metropolitan area (Rio Grande do Sul State). The delta is formed by the rivers Sinos, Caí and Gravataí (only the mouth), all of which join the Jacuí River and fl ow into the Guaíba Lake, forming the Delta with a total of 17.245 hectares. This survey focused on the areas with greater problems, as the Peacock Island, Great Sailor’s Island, Flowers Island, Pintada/Eldorado do Sul Island. These Islands were taken as the principal focus of control because they have the greater populations and have highway access, becoming the areas with the most occurrences, such as pig raising, embankments and irregular constructions. All these problems are due to human action along the river banks, as well as to their attractive natural features and of a management that is incompatible with the local reality. The Park develops the control work with the intent of preserving the wetlands, trying to maintain this ecosystem that serves as a refuge for so many native fauna and fl ora as little impacted as possible.


Palavras-chave


fiscalização ambiental; Parque Estadual.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.