Variação na abundância do maracanã-do-buriti Orthopsittaca manilatus (Psittacidae) e produção de frutos no buriti Mauritia flexuosa (Arecaceae)

Variation in the abundance of Red-bellied Macaw Orthopsittaca manilata (Psittacidae)

Paulo Antonio Silva, Celine Melo

Resumo


Orthopsittaca manilatus é um psitacídeo aparentemente associado aos frutos maduros de Mauritia flexuosa, os quais requerem vários meses para a maturação. Objetivando detalhar tal associação, examinou-se a frutificação dessa palmeira, bem como a abundância e atividade alimentar de O. manilatus durante treze meses. A presença/ausência e produção de frutos maduros foram usadas como variáveis explanatórias à incidência e atividade alimentar de O. manilatus. Tais parâmetros foram avaliados em pontos estabelecidos em uma vereda de 4,5 km de comprimento. Mauritia flexuosa frutificou ao longo dos meses de estudo, mas a ausência de frutos maduros durou sete meses. Nesse período, a incidência de O. manilatus foi baixa e sua alimentação consistiu de endosperma líquido dos frutos imaturos. Na presença de frutos maduros, O.manilatus foi mais incidente e sua atividade alimentar intensificou na medida em que os frutos maduros eram ofertados. Observou-se que M. flexuosa tem frutificação sincrônica, ao menos em veredas localizadas num raio de 200 km da área de estudo. Porém, uma revisão bibliográfica indicou assincronias na frutificação ao longo de sua vasta área de ocorrência. Provavelmente, a variação na abundância de O. manilatus resulta de movimentos de longas distâncias, em que elas seguem a maturação dos frutos de M. flexuosa em busca do nutritivo mesocarpo. As veredas do Brasil central têm sido impactadas pelo homem, e O. manilatus poderia ser uma espécie-bandeira em ações de conservação dessa fisionomia. Em termos de aplicabilidade, 50.000 frutos maduros (produzidas por 8-10 palmeiras) pode elevar a incidência local de O. manilatus e assegurar à sua manutenção alimentar em veredas impactadas.

Abstract

Orthopsittaca manilatus is a parrot apparently associated to Mauritia flexuosa ripe fruits, which require several months to mature. As our aim is to detail this association, we examined the fruiting of this palm as well as the abundance and feeding activity of O. manilatus for thirteen months. The presence/absence and production of ripe fruits were used as explanatory variables to the local incidence and feeding activity of O. manilatus. These parameters were evaluated in points established in a palm swamps of 4,5 km long. Mauritia flexuosa bore fruit over the months of study, but the absence of ripe fruits lasted seven months. During this period, the incidence of O. manilatus was low and their food consisted of liquid endosperm of immature fruits. In the presence of ripe fruit, O. manilatus was more incident and its feeding activity intensified according to the ripe fruits availability. It was observed that M. flexuosa has synchronous fruiting, at least in palm swamps located within 200 km from the study area. However, a literature review indicated asynchrony in fruiting throughout its vast area of occurrence. Probably the variation in the abundance of O. manilatus results from long distance movements, in which the parrot follows the ripening of M. flexuosa fruits in search of nutritious mesocarp. The central Brazil palm swamps have been impacted by man, and O. manilatus could be a flagship species for conservation actions plans. In terms of applicability, 50,000 ripe fruit (produced by 8-10 palm trees) can raise the local incidence of O. manilatus and ensure their food maintenance in affected palm swamps.


Palavras-chave


relações espécies-específica; frugivoria; conservação de áreas alagadas.

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.