Qualidade lipídica da polpa e castanha de bocaiuva (Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd.

Cláudia Leite Munhoz, Rita de Cássia Avellaneda Guimarães, Eliana Janet Sanjinez-Argandoña, Iriani Rodrigues Maldonade

Resumo


Bocaiuva (Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd.) é um fruto do Cerrado brasileiro, cuja farinha representa um produto típico da região. Frutos maduros de bocaiuva do Estado de Mato Grosso do Sul foram processados para produzir farinha. O perfil de ácidos graxos da farinha e das castanhas de bocaiuva foram avaliadas afim de verificar as possíveis alterações em sua composição devido o processamento. Os principais ácidos graxos encontrados na farinha foram os ácidos graxos monoinsaturados, especialmente o ácido oleico; ácidos graxos saturados predominaram nas castanhas, com um teor mais elevado para ácido láurico. A qualidade nutricional do perfil lipídico da farinha bocaiuva indicou que o óleo pode ser utilizado como alimento, bem como o óleo das castanhas, embora o índice de aterogenicidade (IA) tenha sido maior do que o recomendado.


Palavras-chave


Índice aterogenicidade, carotenoides, ácidos graxos, ácido linoleico, ácido oleico

Texto completo:

PDF


AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2018 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.