Ações de sustentabilidade ambiental adotadas pelo sistema de bibliotecas da UFU

Kelma Patrícia Souza, Patrícia Oliveira Portela, Eunir Augusto Reis Gonzaga

Resumo


Entendendo a sustentabilidade como a harmonia entre o desenvolvimento econômico e a preservação ambiental, este trabalho justifica-se por descrever as ações de sustentabilidade desenvolvidas no Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal de Uberlândia (SISBI/ UFU). Foi desenvolvido um levantamento das ações de sustentabilidade promovidas pelas bibliotecas em todos os Campi da UFU, com o objetivo de identificar os impactos no comportamento dos indivíduos que frequentam seus espaços físicos. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, agregado a recursos da abordagem quantitativa, de natureza aplicada e viés descritivo a partir de levantamento bibliográfico, análise de documentos internos, descrição das ações promovidas, consulta a servidores do SISBI/ UFU e da Diretoria de Sustentabilidade (DIRSU/UFU). Esperamos que este trabalho contribua para inspirar outras bibliotecas a adotarem ações de sustentabilidade, bem como que o SISBI/UFU dê continuidade às ações já adotadas e implemente novos projetos que promovam o desenvolvimento sustentável.

Palavras-chave


Bibliotecas sustentáveis; Consumo sustentável; Bibliotecas – Gestão ambiental.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10152: níveis de ruído para conforto acústico. Rio de Janeiro, 1992.

BRASIL. Ministério da Educação. Instrumento de avaliação de cursos de graduação presencial e a distância. Brasília, DF, 2015. Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2016.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho. Portaria nº 25, de dezembro de 1994. Aprova o texto da Norma Regulamentadora nº 9: riscos ambientais. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 30 dez. 1994. Seção 1, p. 21.280-21.282. Disponível em: . Acesso em: 2 nov. 2016.

BRUM, Andréia Barreto do Nascimento; HILLIG, Clayton. Repensando o consumismo: uma reflexão sobre a necessidade de um consumo responsável. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, Santa Maria, v. 1, n. 1, p. 115-128, 2010.

COUTO, Hugo Leonnardo Gomides do; COELHO, Cristiano. Fatores críticos no comportamento do gestor público responsável por compras sustentáveis: diferenças entre consumo individual e organizacional. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 49, n. 2, p. 519-543, 2015.

CUNHA, Paulo de Assis da et al. gestão orientada por resultados: o caso da Biblioteca da UFU. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 18., 2014, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: UFMG, 2014. p. 1- 20. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2017.

FRANÇA, M. N.; GOMES, G. A. S. Sustentabilidade institucional: Campanha pelo Silêncio no Sistema de Bibliotecas da UFU. 2016. Trabalho apresentado no XIX Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias, 2016.

FRANÇA, Maira Nani; CARVALHO, Angela Maria Grossi de. Gestão em bibliotecas universitárias públicas: um enfoque tecnológico. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 16., 2015a, João Pessoa. Anais... João Pessoa: ANCIB, 2015a. p. 1-21. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2017.

FRANÇA, Maira Nani; CARVALHO, Angela Maria Grossi de. Sociedade da informação e biblioteca universitária: contribuições para a democratização do acesso ao conhecimento. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 16., 2015b, João Pessoa. Anais... João Pessoa: ENANCIB, 2015b. p. 1-18. Disponível em: . Acesso em 17 jan. 2017.

HEDGE, Alan. Environmental ergonomics. In: KARWASKI, Waldemar. International encyclopedia of ergonomics and human factors. London: Tayloy & Francis, 2001. v. 2, pte. 7, p. 995-999. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2017.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Statement on libraries and sustainable development. 2002. Disponivel em: . Acesso em: 29 jan. 2017.

KROEMER, Karl H. E.; GRANDJEAN, Etienne. Manual de ergonomia: adaptando o trabalho ao homem. 5. ed.São Paulo: Bookman, 2005.

PEREIRA, F. Educação ambiental e interdisciplinaridade: avanços e retrocessos. Brazilian Geographical Journal: geosciences and humanities research medium, Ituiutaba, v. 5, n. 2, p. 575-594, 2014.

RODRIGUES, Matilde Alexandra. Condições de trabalho e conforto em bibliotecas do ensino superior. 2009. 156 f. Tese (Mestrado) – Escola de Engenharia, Universidade do Minho, 2009. Disponível em: . Acesso em: 19 dez. 2016.

SCHUMPETER, Joseph Alois. Teoria do desenvolvimento econômico. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

SALEH, Abdala Mohamed; SALEH, Pascoalina Bailon de Oliveira. Consumo responsável: um passo além do aspecto ambiental. Educar em Revista, Curitiba, n. 44, p. 167-179, 2012.

SILVA, A. M. et al. Comportamentos ambientalmente responsáveis e sua relação com a educação ambiental. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, São Paulo, v. 4, n. 1, p. 1-16, 2015.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE. Projeto de Desenvolvimento de Ações de Preservação Ambiental na UFCSPA. Porto Alegre, 2009. Disponível em: . Acesso em: 4 dez. 2016.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA. Reitoria. Resolução Nº 05/2011 do Conselho Diretor. Uberlândia: UFU, 2011. Disponível em: . Acesso em: 4 dez. 2016.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA. Sistema de Bibliotecas. Visão. Uberlândia, [2016]. Disponível em:

. Acesso em: 28 abr. 2016.




AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.