Bacia do rio Monjolinho: qualidade da água, sedimento e Índice de Hemerobia

Camila Santos Ferreira, Fabio Leandro da Silva, Marcel Loyo Moitas, Angela Terumi Fushita, Irineu Bianchini Júnior, Marcela Bianchessi Cunha-Santino

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo relacionar a qualidade da água e dos sedimentos com a naturalidade e interferência antrópica relacionada ao uso da terra em uma bacia hidrográfica urbana. Análises das seguintes variáveis limnológicas foram realizadas na estação de seca e de cheia de 2011: temperatura, oxigênio dissolvido, pH, condutividade elétrica, nitrato, nitrito, amônia e fósforo total, os metais (Cd, Cu, Zn, Pb e Cr), cianeto e fenóis. Para a análise de sedimentos, os seguintes metais foram quantificados (Cd, Cu, Pb, Cr, Ni e Zn). A interferência antrópica relacionada ao uso da terra foi analisada com base no grau de hemerobia identificando predomínio da classe polihemeróbia, que é representada por paisagens artificiais, i.e. intencionalmente criadas e totalmente dependente do controle e manejo humano. Sendo que a atividade predominante foi a agricultura, que leva à mudanças na paisagem e contribuem tanto para a poluição e contaminação da água do rio Monjolinho.


Palavras-chave


Metais; Hemerobia; Uso e ocupação; Atividades antrópicas.

Texto completo:

PDF

Referências


AB’SABER, A. N. O. Suporte geológico das florestas beiradeiras (ciliares). In: RODRIGUES, R. R; LEITÃO FILHO, H. F. (Ed) Matas ciliares: conservação e recuperação. São Paulo: Edusp, p.15-25, 2001.

APHA; AWWA; WPCF (1998). American Public Health Association; American Water Works Association; American Public Health Association. Standard methods for the examination of water and wastewater. Washington D.C., 1998.

ANA - Agência Nacional das Águas. Índice de Contaminação por Tóxico. 2011. Disponível em: . Acesso em: 17 de jan. 2011.

ATAFAR, Z.; MESDAGHINIA. A.; NOURI, J.; HOMAEE, M.; YUNESIAN, M.; AHMADIMOGHADDAM, M.; MAHVI, A. H. 2010 Effect of fertilizer application on soil heavy metal concentration. Environmental Monitoring Assessesment, v. 160, p. 83–89, 2010.

BARBARA, A. D. L. S.; VALASKI, S.; NUCCI, J.C. Hemerobia e planejamento da paisagem no bairro Mossunguê, Curitiba – PR. Revista Geografar, v. 9, n.1, p.159-179, 2014.

BIANCHI, J.; ESPINDOLA, E.L.G.; MARIN-MORALES, M.A. Genotoxicity and mutagenicity of water samples from the Monjolinho River (Brazil) after receiving untreated effluents. Ecotoxicology & Environmental Safety, v. 74, n. 4, p. 826-833, 2011.

BRADY, N.C.; WEIL, R. R. Elementos da Natureza e Propriedade dos Solos (3a Ed.). Porto Alegre: Bookman, Livraria Freitas Bastos, 2013, 685p.

CETESB. Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Índices de qualidade das águas. Critério de Avaliação de Sedimento. Disponível em:

http://aguasinteriores.cetesb.sp.gov.br/wp-content/uploads/sites/32/2013/11/10.pdf>. Acesso em: 14 mar. 2016.

CETESB. Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. 2015. Relatório de Qualidade das Águas Superficiais do Estado de São Paulo. Disponível em: < http://aguasinteriores.cetesb.sp.gov.br/publicacoes-e-relatorios/>. Acesso em: 14 mar. 2016.

CONAMA - Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução 357. Brasília, 2005. 27 p. Disponível em: . Acesso em: 17 out. 2011.

COATES, D., PERT, P. L., BARRON, J., MUTHURI, C., NGUYEN-KHOA, S., BOELEE, E., JARVIS, D. I. Managing water and agroecosystems for food security / edited by Eline BOELEE (ed.). Comprehensive assessment of water management in agriculture series; 10, 2013, 178p.

CORBI, J.; STRIXINO, S. T.; SANTOS, A.; DEL GRANDE, M. Diagnóstico ambiental de metais e organoclorados em córregos adjacentes a áreas de cultivo de cana-de-açúcar (Estado de São Paulo, Brasil). Quimíca Nova, v. 29, n° 1, p. 61-65, 2006

DIAS, V. P.; FERNANDES, E. Fertilizantes: uma visão global sintética. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 24, p. 97-138, set. 2006

DORNFELD, C.B. 2006. Utilização de Chironomus sp (Diptera, Chironomidae) para a avaliação da qualidade de sedimentos e contaminação por metais. 211f. Tese (Doutorado em Ciências da Engenharia Ambiental). Universidade de São Paulo, São Carlos, 2006.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Condições Meteorológicas - Estação da Embrapa Pecuária Sudeste. Disponível em: . Acesso em: 24 nov. 2019.

FERREIRA, C.S, CUNHA-SANTINO, M.B. 2012. Monitoramento da qualidade da água do rio Monjolinho: a limnologia como uma ferramenta para a gestão ambiental. Revista de Estudos Ambientais. v.16, n. 1, p. 27 – 37, 2014.

FUSHITA, A. T.; SANTOS, J. E. Socio-Economic Metabolims and Sustainability at a Watershed. Open Journal of Applied Sciences, v. 5, p. 678-687, 2015.

FUSHITA, A.T. Padrão espacial e temporal das mudanças de uso da terra e sua relação com indicadores da paisagem. Estudo de caso: bacia hidrográfica do médio rio Mogi-Guaçu superior (SP). 2011, 208f. Tese (Doutorado em Ecologia e Recursos Naturais). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos – SP, 2011.

GIAMPÁ, C. E. Q.; GONÇALES, V. G. Orientações para a utilização de águas subterrâneas no estado de São Paulo. FIESP - Federação das Indústrias do Estado de São Paulo/ DMA - Departamento de Meio Ambiente/ ABAS – Associação Brasileira de Águas Subterrâneas, 2005, 37p.

GUIMARÃES, R.Z.; OLIVEIRA, F.A.; GONÇALVES, M.L. Avaliação dos impactos da atividade de silvicultura sobre a qualidade dos recursos hídricos superficiais. Scientia Forestalis, v. 38, n. 87, p. 377-390, 2010.

HAUSNER, M. B.; HUNTINGTON, J. L.; NASH, C.; MORTON, D.; MCEVOY, D. J.; PILLIOD, D. S.; HEGEWISCH, K. C.; DAUDERT, B.; ABATZOGLOU, J. T.; GRANT, G. Assessing the effectiveness of riparian restoration projects using Landsat and precipitation data from the cloud-computing application ClimateEngine.org. Ecological Engineering, v. 120, p. 423-440, 2018.

INMET - Instituto Nacional de Meteorologia. Banco de Dados Meteorológicos para Ensino e Pesquisa. 2015. Disponível em: Acesso em: 14 mar. 2015.

JACOMINE, P. K. T. A nova classificação brasileira de solos. Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, v. 5-6, p. 161-179, 2008-2009.

KULKARNI, R.; DEOBAGKAR, D.; ZINJARDE, S. Metals in mangrove ecosystems and associated biota: A global perspective. Ecotoxicology and Environmental Safety, v. 153, p. 215-228.

KOROLEFF, F. Determination of nutrients. In: GRASSHOFF, K. Method of seawater analysis. New York: Verlag Chemie Weinheim, 1976.

LATERRA, P.; BOOMAN, G. C.; PICONE, L.; VIDELA, L.; ORÚE, M. E. Indicators of nutrient removal efficiency for riverine wetlands in agricultural landscapes of Argentine Pampas. Journal of Environmental Management, v. 222, p. 148-154, 2018.

MACKERETH, F.J.H.; HERON, J.; TALLING, J.F. Water chemistry: some revised methods for limnologists. Freshwater Biological Association, 1978.

MENEZES, J.P.C. Influência do uso e ocupação da terra na qualidade de água subterrânea e sua adequação para consumo humano e uso na agricultura. 2012. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal). Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre – ES, 2012.

O'GRADY, J.J. et al. Realistic levels of inbreeding depression strongly affect extinction risk in wild populations. Biological Conservation, v. 133, n. 1, p. 42-51, 2006.

OLIVEIRA, E. Z.; FUSHITA, A. T.; CUNHA-SANTINO, M. B., BIANCHINI JR, I. Water and sediment quality assessment - Ribeirão do Laranjal watershed. Revista Ciência Tecnologia & Ambiente, v. 5, n° 1, p. 30 – 39, 2017.

ROBERTS, T. Cadmium and Phosphorous Fertilizers: The Issues and the Science, 2014.

ROMANINI, E.; FUSHITA, A.; SANTOS, J. E. An Approach to Environmental Planning and Sustainable Management of Westersheds and Municipalities in Southeastern Brazil. Open Journal of Ecology, v. 6, p. 667 - 685, 2016.

SCHIESARI, L; LEIBOLD, M. A.; BURTON JR, G. A. Metacommunities, metaecosystems and the environmental fate of chemical contaminants. Journal of Applied Ecology, v. 55, n° 3, p. 1553-1563, 2017.

SILVA, F. L.; MOITAS, M. L.; BIANCHINI JR, I.; CUNHA-SANTINO, M. B. Qualidade dos sedimentos do rio Monjolinho: índice de geoacumulação. Revista Ciência Tecnologia & Ambiente, v. 4, n° 1, p. 79-87, 2016.

SOUSA, P.A.P., SANTOS, M.B.; PALHARES, J.C. Pedologia. In: E. L. G. Espíndola; J. S. V. Silva; C. E. Marinelli; M. M. Abdon (Eds.). A bacia hidrográfica do rio Monjolinho – uma abordagem ecossistêmica e a visão interdisciplinar. São Carlos: RIMA, 2000.

SOUZA, J. S. I.; PEIXOTO, A. M. & TOLEDO, F. F. Enciclopédia agrícola brasileira (volume 1). EdUSP, 1995, 508 p.

STRICKLAND, J.D; PARSON, T.R. A manual of sea water analysis. Ottawa: Fisheries Research Board of Canada, 1960.

STARFINGER, T. D.; LOWMAN, M. D. Disturbance in urban ecosystems. In: Walker, L.R. (Ed.), Ecosystems of Disturbed Ground. Ecosystems of the World 16. Elsevier, Amsterdam, pp. 397–412, 1999.

VÉLEZA, J. M. M.; GARCÍA, S. B.; TENORIO, A. E. Policies in coastal wetlands: Key challenges. Environmental Science & Policy, v. 88, p. 72-82, 2018.

VIANA, S. M. Riqueza e distribuição de macrófitas aquáticas no rio Monjolinho e tributários (São Carlos, SP) e análise de sua relação com variáveis físicas e químicas. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2005.

YONG, L.; WANG, H.; LI, X.; LI, J. Heavy Metal Contamination of Agricultural Soils in Taiyuan, China. Pedosphere, v. 25, n° 6, p. 901 – 909, 2015.




AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.