Aplicação de técnicas de análise exploratória no monitoramento da qualidade da água do rio Cuiá, João Pessoa-PB

DIEGO GOMES SOUSA, DEBORA SANTOS MARQUES, Vilhena Silva Santos, Antonio Cícero Sousa, Gesivaldo Alves Figueiredo

Resumo


A manutenção da qualidade da água de rios é de suma importância para a garantia dos usos preponderantes previsto na resolução Conama 357/2005, bem como a conservação do meio-ambiente. O uso de ferramentas estatísticas multivariadas se mostra relevante, assim permitindo uma visão mais global dos fenômenos ambientais envolvidos, as quais permitem que se extraiam informações que possibilitem uma compreensão da relação entre os parâmetros estudados. O presente trabalho tem como objetivo avaliar as variáveis que afetam a qualidade da água do rio Cuiá, bem como sua relação com os fatores ambientais e atividades antrópicas, empregando análise hierárquica (HCA) e análise de componente principal (PCA). Foram coletadas da bacia do rio Cuiá, vinte e quatro amostras de água de quatro pontos em três campanhas amostrais, realizados nos meses de agosto/2017, novembro/2017 e maio/2018, a fim de associar os resultados das análises físicas, químicas e microbiológicas com as atividades humanas e climáticas. A análise de HCA mostrou que ocorre a formação de dois grupos de variáveis, com a presença de algumas variáveis adicionais para um dos conjuntos. A análise de PCA evidenciou que ocorre uma segregação ao efetuar uma análise temporal e espacial. A aplicação da análise exploratória multivariada mostrou-se relevante na verificação de padrões comportamentais, tanto da análise temporal quanto espacial. Os resultados de PCA indicam que as amostras da zona de mistura apresentam maior contaminação por Escherichia coli (EC) e coliformes totais (CT) do que as coletadas a montante e a jusante do ponto de lançamento da estação de tratamento de esgoto doméstico de Mangabeira (ETE-Mangabeira). Espera-se que esses resultados possam subsidiar a tomada de decisão dos gestores da bacia hidrográfica do rio Cuiá frente às ameaças de contaminação desse ecossistema.

Palavras-chave


Qualidade da água; PCA; Água superficial; Análise exploratória

Texto completo:

Sem título PDF

Referências


AESA-Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraiba. Disponível em: http://www.aesa.pb.gov.br/aesa-website/meteorologia-chuvas>. Acesso em: 27 de setembro de 2018.

APHA – American Public Health Association; AWWA – American Water Works Association; WEF – Water Environment Federation. Standard methods for the examination of water and wastewater. 20. ed. Washington, DC: APHA, 1998.

BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução CONAMA n. 357, de 17 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Disponível em:

. Acesso em: 08 de setembro de 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria n° 2.914, de 12 de dezembro de 2011. Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 14 dez. 2011. Seção 1, p. 39-42. Disponível em: < http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt2914_12_12_2011.html.>. Acesso em: 03 de setembro de 2018.

BRASIL. Presidência da República. Lei Nº 9.433 de 8 de janeiro de 1997. Institui a Política Nacional de Recursos Hídricos, cria o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, Disponível em . Acesso em 08 de setembro de 2018.

BUSSAD, W. O.; MIAZAKI, E. S.; ANDRADE, D. F. Introdução à análise de agrupamentos. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA, 9., São Paulo, 1990. 105 p.

CALIJURI, M. C. (1988). Respostas fisioecológicas da comunidade fitoplanctônica e fatores ecológicos em ecossistemas com diferentes estágios de eutrofização. 293p. Tese (Doutorado). Ciências da Engenharia Ambiental, Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos. 1988.

DETONI, T. L.; DONDONI, P. C. A Escassez da água: um olhar global sobre a sustentabilidade e a consciência acadêmica. Rev. Ciênc. Admin., v. 14, n. 2 , p. 191-204, 2008.

FAO – Food and Agriculture Organization of the United Nations. Towards a water and food secure future: critical perspectives for policy-makers. Rome: FAO, 2015.

FERREIRA, M. M. C; ANTUNES, A. M.; MELGO, M. S.; VOLPE, P. L. O. Quimiometria I:

calibração multivariada, um tutorial. Quim. Nova, v.22, p.724-731, 1999.

GIRÃO, E. G.; ANDRADE, E. M.; ROSA, M. F.; ARAÚJO, L. F. P.; MEIRELES, A. C. M.

Seleção dos indicadores da qualidade de água no Rio Jaibaras pelo emprego da análise da componente principal. Revista Ciência Agronômica, v.38, n.1, p.17-24, 2007.

HAIR JUNIOR, J. F.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L.; BLACK, W. C. Análise

multivariada de dados. Tradução de Adonai Schlup Sant’Anna e Anselmo Chaves Neto, 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005. 593p.

HASWELL, S., J.; WALMSLEY, A. D. Multivariate data visualization methods based on multi-elemental analysis of wines and coffees using total refletion X-ray fluorescence analysis. J. Anal. At. Spectrom., v.13, p.131-134, 1998.

HIDALGO, P. Diagnóstico socioeconômico. João Pessoa: PRM/METROPLAN/AGP-RS. 1992. 98p. Curso sobre Manejo Conservacionista de Bacias Hidrográficas. 1992.

JONG, J.; ROOY, P. T. J. C.; HOSPER, S. H. (1995). Living with water: at the crossroads of change. Water Science Technology. Institute for Inland Water Management and Waste Water Treatment, The Netherlands, n. 8, p.393-400.

LEMOS, W. E. D. Monitoramento e gestão da qualidade da água em reservatórios incorporando processos hidrodinâmicos e climáticos de regiões tropicais semiáridas. 2011. 164 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011. Disponível em: < http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/575>. Acesso em 27 de setembro de 2018.

MENDIGUCHÍA, C.; MORENO, C.; GALINDO-RIANO, M.D.; GARCÍA-VARGAS, M.

Using chemometric tools to assess antropogenic effects in river water a case study: Guadalquivir river (Spain). Analytica Chimica Acta, Amsterdam, v.515, p.143-9, abr., 2004.

SENA M. M.; POPPI, R. J.; FRIGHETTO, R. T. S.; VALARINI, P. J. Avaliação do uso de

métodos quimiométricos em análise de solos. Quim. Nova, v.23, p.547-556, 2000.

SINGH, K. P.; MALIK, A.; MOHAN, D.; SINHA, S. Multivariate statistical techniques for the evaluation of spatial and temporal variations in water quality of Gomti River (India) – a case sudy. Water Research, n. 38, p. 3980-3992, 2004.

SOUSA, A. C. Avaliação do funcionamento de uma estação de tratamento de esgoto doméstico e desenvolvimento de um novo método para determinação de DQO usando espectrometria NIR e quimiometria. 2007. 103 f. Tese (Doutorado em Química) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2007.

SUNDARAY, S. K.; PANDA, U. C.; NAYAK, B. B.; BHATTA, D. Multivariate statistical techniques for the evaluation of spatial and temporal variations in water quality of the

Mahanadi river–estuarine system (India)—a case study. Environmental Geochemistry Health, v.28, p.317–330, 2006.

TELLES, D. D. A água e o ambiente. In: . Ciclo ambiental da água: da chuva à gestão. São Paulo: Blucher, 2013.

TOLEDO, L. G.; NICOLELLA, G. Índice de qualidade de água em microbacia sob uso agrícola e urbano. Scientia Agrícola, Piracicaba, v.59, p.181-6, 2002.

VEGA, M.; PARDO, R.; BARRADO, E.; DEBAÂ, L. Assessment of seasonal and polluting effects on the quality of river water by exploratory data analysis. Water Research, v.32, p.3581–3592, 1998.

VIDAL, M.; LÓPEZ, A.; SANTOALLA, M.C.; VALLES, V. Factor analysis for the study of water resources contamination due to the use of livestock slurries as fertilizer. Agricultural Water Management, v.45, p.1-15, 2000.




AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

        Logotipo do Crossref               

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA

InfoBase Index - IBI Factor 2016 = 2,5


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2019 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.