Atributos físicos e químicos do solo em gradiente de declividade sob Floresta Ombrófila Mista alto-montana

Lucia Helena Baggio Martins, Álvaro Luiz Mafra, Julio Cesar Pires dos Santos, Marcos Benedio Schimalski, Pedro Higuchi

Resumo


Ecossistemas alto-montanos apresentam alta sensibilidade ecológica relacionada às particularidades na dinâmica do carbono, nutrientes e água no solo, que podem variar de acordo com a posição na encosta. O objetivo foi avaliar atributos físicos e químicos do solo e relacioná-los com a variação de relevo. A amostragem foi realizada em quatro transectos, em 55 parcelas, com altitude de 1419 a 1489 m, abrangendo diferentes condições topográficas, em unidades representativas da paisagem regional, sob cobertura vegetal nativa. O solo foi coletado para análises de pH, Al+3, cátions trocáveis, fósforo, carbono orgânico total e frações particulada e associada aos minerais. As análises físicas foram macro e microporosidade, porosidade total e resistência à penetração do solo. As relações entre as variáveis e tipos predominantes de solo, associados ao gradiente de declividade foram determinadas pela análise componentes principais. Os atributos químicos e físicos do solo em geral foram semelhantes ao longo da encosta, evidenciando solos com horizonte superficial hístico, ácidos e pobres em nutrientes. Dois grupos de solos foram associados à condição de relevo: nas áreas de relevo forte ondulado, na porção superior e mediana da encosta, o solo é mais profundo; já nas áreas onduladas e na parte inferior da encosta, o solo é mais raso e com maior teor de carbono orgânico na camada superficial.


Palavras-chave


Mata atlântica; Matéria Orgânica do Solo; Relações Solo-Paisagem

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, J. A.; SANGOI, L.; ENDER, M. Efeitos da integração lavoura-pecuária nas propriedades físicas do solo e características da cultura do milho. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 25, p. 717-723, 2001.

BENITES, V. M., MADARI, B., MACHADO, P. L. O. A. Solos e vegetação nos complexos rupestres de altitude da Mantiqueira e do Espinhaço. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 10, p. 76-85, 2003.

BENITES, V. M., MENDONÇA, E. S., SCHAEFER, C. E. G. R., NOVOTNY, E. H., REIS, E. L., KER, J. C. Properties of black soil humic acids from high altitude rocky complexes in Brazil. Geoderma, Amsterdam, v. 13, p. 127-104-13, 2005.

CAMBARDELLA, C. A., ELLIOTT E. Participate soil organic-matter changes across a grassland cultivation sequence. Soil Science Society America Journal, Madison, v. 83, p. 56-777, 1992.

CAMPOS, M. C. C. Relações solo-paisagem: conceitos, evolução e aplicações. Ambiência, Guarapuava, v. 8, p. 963-982, 2012.

CHAGAS, C.S.; FERNANDES FILHO, E.I.; BHERING, S. B. Relação entre atributos do terreno, material de origem e solos em uma área no noroeste do estado do Rio de Janeiro. Sociedade e Natureza, Uberlândia, v. 62, p. 25-147, 2013.

COMISSÃO DE QUÍMICA E FERTILIDADE DO SOLO. SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO. Manual de adubação e calagem para os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. 10. ed. Porto Alegre: p.400, 2004.

DIAS, H. C. T.; SCHAEFE, E. I.; FERNANDES FILHO, A. P.; OLIVEIRA, R.F.M.; MICHEL, J. B.; LEMOS, J. R. Caracterização de solos altimontanos em dois transectos no Parque Estadual do Ibitipoca (MG). Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 27, p. 469-481, 2003.

DONAGEMA, G. K.; CAMPOS, D. V. B.; CALDERANO, S. B.; TEIXEIRA, W. G.; VIANA, J. H. M. (Orgs.). Manual de métodos de análise de solos. 2. ed. rev. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2011. 230 p. (Embrapa Solos. Documentos, 132).

DORTZBACH, D.; PEREIRA, M. G.; VIANNA, L. F. N.; GONZÁLEZ, A. P. Horizontes diagnósticos superficiais de Cambissolos e uso de δ13C como atributo complementar na classificação de solos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 51, p.1339-1348, 2016.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Solos do Estado de Santa Catarina. Rio de Janeiro: Embrapa Solos; 2004. 726p. (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 46).

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análises de solo. 2. ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 1997.

GONÇALVES, I. S.; DIAS, H. C.; MARTINS, S. V.; SOUZA, A. L. Fatores edáficos e as variações florísticas de um trecho de mata ciliar do Rio Gualaxo do Norte, Mariana, MG. Revista Árvore, Viçosa, v. 35, p. 1235-1243, 2011.

HIGUCHI, P.; SILVA, A. C.; FERREIRA, T. S.; SOUZA, S. T.; GOMES, J. P.; SILVA, K. M.; SANTOS, K. F.; LINKE, C.; PAULINO, P. S. Influência de variáveis ambientais sobre o padrão estrutural e florístico do componente arbóreo, em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Montana em Lages. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 22, p. 79-90, 2012.

HIGUCHI, P.; SILVA, A. C.; ALMEIDA, J. A.; BORTOLUZZI, R. L. C.; MONTOVANI, A.; FERREIRA, T. S.; GOMES, J. P.; SILVA, K.M.; SANTOS, K. F.; LINKE, C. P. Florística e estrutura do componente arbóreo e análise ambiental de um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Altomontana no município de Painel, SC. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 23, p. 153-164, 2013.

HIGUCHI, P.; SILVA, A. C.; AGUIAR, M. D.; MAFRA, A. L.; NEGRINI, M.; ZECH, D. F. Partição espacial de espécies arbóreas em função da drenagem do solo em um fragmento de floresta com Araucária no sul do Brasil. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 4, p. 421-429, 2014.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Manual técnico da vegetação brasileira. Rio de Janeiro. 2ª Edição, 2012.

MAFRA, A. L.; GUEDES, S. F. F.; KLAUBERG FILHO, O.; SANTOS, J. C. P.; ALMEIDA, J. A.; DALA ROSA, J. Carbono orgânico e atributos químicos do solo em áreas florestais. Revista Árvore, Viçosa, v. 32, n. 2, p. 217-224, 2008.

MARTÍNEZ, M. L.; PEREZ-MAQUEO, O.; VAZQUEZ, G.; CASTILLO-CAMPOS, G.; GARCÍA-FRANCO, J.; MEHLTRETER, K.; EQUIHUA, M.; LANDGRAVE, R. Effects of land use change on biodiversity and ecosystem services in tropical montane cloud forests of Mexico. Forest Ecology and Management, Amsterdam, v. 258, p. 1856-1863, 2009.

OKSANEN, J. F.; GUILLAUME, B.; ROELAND, K.; PIERRE, L.; PETER, R.; MINCHIN, R. B.; O'HARA, G. L.; SIMPSON, P.; SOLYMOS, M.; HENRY, H.; STEVENS, H. W. Vegan: Community ecology package. R package version 1.17- 2. 2012 [acesso em 15 set. de 2014]. Disponível em: http://CRAN.R-project.org/ package= vegan.

PINTO, L. C.; ZINN, Y. L.; MELLO, C. R.; OWENS, P. R.; NORTON, L. D.; CURI, N. Micromorphology and pedogenesis of mountainous inceptisols in the Mantiqueira range (MG). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 39, p. 455-62, 2015.

PUCHALSKI, A. Variação em populações naturais de Araucaria angustifolia (Bert.) O.Kuntze associada a condições edafo-climáticas. Science Forestalis, Piracicaba, v. 70, p. 37-148, 2006.

R: A LANGUAGE AND ENVIRONMENT FOR STATISTICAL COMPUTING. R

Foundation for Statistical Computing. Vienna: 2014 [acesso em 09 set. 2014]. Disponível em: http://www.R-project.org/.

REICHERT, J. M.; REINERT, D. J.; BRAIDA, J. A. Qualidade dos solos e sustentabilidade de sistemas agrícolas. Ciência e Ambiente, Santa Maria, v. 27, p. 29-48, 2003.

RODRIGUES, L.; CARVALHO, D. A.; OLIVEIRA FILHO, A.T.; CURI, N. Efeitos de solos e topografia sobre a distribuição de espécies arbóreas em um fragmento de floresta estacional semidecidual, em Luminárias, MG. Revista Árvore, Viçosa, v. 31, p. 25-25, 2007.

SANTOS, D. R.; GATIBONI, L.C.; KAMINSKI, J. Fatores que afetam a disponibilidade do fósforo e o manejo da adubação fosfatada em solos sob sistema de plantio direto. Ciência Rural, v.38, p.576-586, p. 2008.

SANTOS, R. D.; LEMOS, R. C.; SANTOS, H. G.; KER, J. C.; ANJOS, L. H. C. Manual de descrição e coleta de solo no campo. 5. ed. Viçosa, Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2005. 100p.

SCHEER, M. B.; CURCIO, G. R.; RODERJAN, C. V. Funcionalidades ambientais de solos altomontanos na Serra da Igreja, Paraná. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 35, p. 1113-1126, 2011.

SCHIAVO, J. A.; PEREIRA, M. G.; MIRANDA, L. P. M.; DIAS NETO, A. H.; FONTANA, A. Caracterização e classificação de solos desenvolvidos de arenitos da formação Aquidauana-MS. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 34, p. 881-889, 2010.

SIMAS, F. N.B.; SCHAEFER, C. E. G. R.; FERNANDES FILHO, E.; CHAGAS, A.C.; BRANDÃO, P.C. Chemistry, mineralogy and micropedology of highland soils on crystalline rocks of Serra da Mantiqueira, southeastern Brazil. Geoderma, Amsterdam, v.125, p.187-201, 2005.

TEDESCO, M. J.; GIANELLO, C.; BISSANI, C.A.; BOHNEN, H.; VOLKWEISS, S.J. Análises de solo, plantas e outros materiais. 2a ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1995. (Boletim técnico, 5).

TESKE, R.; ALMEIDA, J. A.; HOFFER, A.; LUNARDI NETO, A. Caracterização química, física e morfológica de solos derivados de rochas efusivas no Planalto Sul de Santa Catarina. Revista Ciência Agroveterinária, Lages, v. 12, p. 175-186, 2013.

VASHCHENKO, Y.; PRADO, P. R.; LIMA, M. R.; FAVARETTO, N. Solos e vegetação dos Picos Camacuã, Camapuã e Tucum – Campina Grande do Sul – PR. Scientia Agraria, Curitiba, v. 8, p. 411-419, 2007.

VASCHENKO, Y.; BIONDI, D.; LIMA, M. R.; RODERJAN, C. V. Aspectos ambientais da trilha via noroeste do Parque Estadual Pico do Marumbi, PR. Floresta, Curitiba, v. 43, p. 535-48, 2013.




AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

            

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2021 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.