Alterações na paisagem e as feições erosivas presentes na unidade do modelado de dissecação-dissecado em ravina-DR na Bacia do ribeirão Santa Gertrudes, Veríssimo – MG.

Alison Henrique Pereira, Hygor Evangelista Siqueira, Carlos Alberto Araújo Campos

Resumo


As análises geoambientais são fundamentais para as ações humanas. O uso e/ou manejo inadequado do solo em atividades de pecuária ou agricultura, podem intensificar ou desencadear processos erosivos economicamente irreversíveis, como formações de ravinas e voçorocas. Através destas preocupações se realizou este estudo, na unidade do modelado de dissecação-dissecado em ravina-DR. A unidade DR é uma entre as cinco unidades de relevo presente na bacia hidrográfica do ribeirão Santa Gertrudes localizada nos Municípios de Uberaba e Veríssimo na Região do Triângulo Mineiro (MG). A unidade DR está localizada na região Nordeste da bacia hidrográfica ocupando uma área com cerca de 1.000,50 (ha), correspondendo ha 3,1% do valor total da bacia hidrográfica. O modelado DR, apresenta formas convexas com declividade média de 14,28%. Os solos presentes nesta unidade foram classificados como Latossolos Vermelhos e Argissolos Vermelho-Amarelo com textura franco arenosa, sendo muito friáveis e apresentando taxas de perda de solos elevadas se comparadas a tolerância de perdas para essa classe. As cotas altimétricas desta unidade foram classificadas entre 789 a 950m. Enquadrado ao Domínio Natural dos Cerrados, a área vem apresentando acentuadas feições em seu relevo e paisagem, manifestadas através dos processos erosivos de ravinas e voçorocas. Isso ocorre devido ao não uso de práticas conservacionistas e contenção dos processos erosivos ocorridos no local.


Palavras-chave


degradação; erosão; uso e manejo do solo

Texto completo:

PDF

Referências


AB´SÁBER, A. N. Potencialidades paisagísticas brasileiras. São Paulo: IG-USP, 1977. (Geomorfologia, 55).

BACCARO, C. A. D. Processos erosivos no Domínio do Cerrado In: GUERRA, A. J.; SILVA, A. S. da S.; BOTELHO, R. G. M. (organizadores). Erosão e conservação dos solos: conceitos, temas e aplicações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

BERTONI, J.; NETO, F, L. Conservação do solo. São Paulo: Ícone, 1990.

CORSI, A. C. Compartimentação morfoestrutural da região do Triângulo Mineiro (MG): aplicado a exploração de recursos hídricos subterrâneos. 2003. 226 f. Tese (Doutorado em Geociências e Meio Ambiente) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”, Rio Claro, 2003.

DEL GROSSI, S. R. De Uberabinha a Uberlândia: os caminhos da natureza contribuição ao estudo da geomorfologia urbana. 1991. 205 f. Tese (Doutorado em Geografia Física) - Universidade de São Paulo, São Paulo,1991.

GUERRA, A. J.; SILVA, A. S. da S.; BOTELHO, R. G. M. (organizadores). Erosão e conservação dos solos: conceitos, temas e aplicações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

GUERRA, A. J. T. Processos Erosivos nas Encostas. In: Geomorfologia: uma atualização de Bases e conceitos. (Org.) GUERRA,A.J.T. e CUNHA,S.B. 11ª ed. Rio de Janeiro: Ed. Bertrandt Brasil, 2012. p.149-209.




AMBIÊNCIA

Alameda Élio Antonio Dalla Vechia, n. 838,
Bairro Vila Carli – CEDETEG
85040-167  Guarapuava-Paraná-Brasil
ISSN 1808-0251 (Print) - Ambiência ISSN 2175-9405 (Online)

            

Periódicos Qualis - Plataforma Sucupira

Qualis B2 - Ensino

Qualis B3 - Interdisciplinar

Qualis B3 - Planejamento Urbano e Regional / Demografia

Qualis B2 - GEOGRAFIA


Large Visitor Globe     

                        Copyright © 2005-2021 Editora Unicentro
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.