OPORTUNIDADES E DESAFIOS DO SPED NA PERSPECTIVA DOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS: UMA ANÁLISE SOB A ÓTICA DA TEORIA CONTINGENCIAL

Luciano Gomes dos Reis, Vitória Maria Reis Novaes, Letícia Oliveira Ferreira, Pâmela Luciana de Moraes

Resumo


O presente artigo analisou, sob a ótica da Teoria Contingencial, a perspectiva dos profissionais contábeis quanto às oportunidades e desafios ocasionados após a implantação do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Tem como justificativa a importância de relatar as impressões dos profissionais da região norte do Paraná em relação ao SPED, bem como, verificar a influência dos fatores contingenciais no processo de implementação, pontuando-se os principais benefícios e dificuldades ocasionados com a implantação do Sistema. Para cumprimento dos objetivos, utilizou-se a metodologia descritiva, quantitativa e survey. Os dados foram coletados por meio de questionários, sendo que 92 retornos foram considerados válidos e analisados mediante estatística descritiva. Com base na análise dos dados coletados, verificou-se que os fatores contingenciais tecnologia e ambiente impactam a rotina de trabalho dos profissionais, enquanto sua estrutura se modifica de acordo ao ambiente a qual é inserida. Quanto às oportunidades, observou-se que ainda há receio por parte dos profissionais em relação a otimização de trabalho, agilidade no processamento, diminuição na sonegação de impostos, redução das etapas de trabalho e de custos. No que se refere aos desafios, constatou-se que ocorreram dificuldades na adaptação. Entretanto, foram fornecidos cursos e treinamentos pelas organizações com a finalidade de aumentar a familiarização dos operadores com o Sistema. Além disso, verificou-se que o Sistema exige mais qualificação do profissional comparado ao trabalho manual por seus erros serem passíveis de penalidades, todavia, atualmente, os respondentes se consideram aptos para manusear o SPED com destreza. Como resultados complementares verificou-se que o Sistema é considerado permanente, suas atualizações dificultam a sua utilização e ainda, que os procedimentos deveriam ser implementados para todas as empresas.

Texto completo:

PDF HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Luciano Gomes dos Reis, Vitória Maria Reis Novaes, Letícia Oliveira Ferreira, Pâmela Luciana de Moraes

Revista de Estudos em Organizações e Controladoria (REOC), ISSN 2763-9673, Setor de Ciências Sociais Aplicadas de Irati (SESA/I), Campus Irati - Rua Professora Maria Roza Zanon de Almeida, s/n. Bairro: Engenheiro Gutierrez - Caixa Postal 21 - CEP 84505-677 - Irati – Paraná/Brasil - Editora UNICENTRO