OS IMPACTOS DE STOCK OPTIONS NO DESEMPENHO ECONÔMICO E FINANCEIRO DAS EMPRESAS

Leandro Politelo, Roberto Carlos Klann

Resumo


O crescente tamanho e frequência das opções de ações na última década atraiu a atenção de acionistas e governos. O estudo objetiva analisar a influência da adoção de stock options no desempenho das empresas listadas na bolsa Brasil, Bolsa e Balcão S/A (B3). A pesquisa caracteriza-se como descritiva, com abordagem quantitativa a partir de análise documental. As demonstrações contábeis e informes financeiros divulgados referentes aos anos de 2010 e 2011 foram utilizados para a análise dos dados. Com base no universo de 525 empresas foi selecionada uma amostra de 85 que praticaram stock options em 2010 e 2011. Os resultados apontaram que o endividamento está negativamente relacionado com o Retorno sobre o Ativo (ROA) e positivamente relacionado com a margem líquida, indicando que empresas com maior margem e menor endividamento obtém maior retorno do ativo; também que as stock options apresentaram associação positiva com o valor de mercado e negativa com o Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE). Além disso, a margem líquida indicou relação inversa das stock options com as variáveis: ROA, ROE e valor de mercado. Conclui-se que as stock options influenciaram o valor de mercado das empresas analisadas, bem como contribuíram para que os gestores tomassem decisões que impactassem positivamente no valor das ações das empresas.


Texto completo:

PDF HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Leandro Politelo, Roberto Carlos Klann

Revista de Estudos em Organizações e Controladoria (REOC), ISSN 2763-9673, Setor de Ciências Sociais Aplicadas de Irati (SESA/I), Campus Irati - Rua Professora Maria Roza Zanon de Almeida, s/n. Bairro: Engenheiro Gutierrez - Caixa Postal 21 - CEP 84505-677 - Irati – Paraná/Brasil - Editora UNICENTRO